“Protecção dos oceanos é crucial para as próximas gerações” - PR

Data: 21/11/2021
 
PR Crescendo Azul

Maputo, 21 de Novembro de 2021 - O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, defendeu que a protecção dos oceanos é crucial para que as acções presentes não comprometam o bem-estar das próximas gerações.

O Chefe do Estado moçambicano falava em Vilankulo, província de Inhambane, na ceimónia de abertura da 2ª Conferência “Crescendo Azul”, que se realizou sob o lema “Investir na saúde dos oceanos é investir no futuro do planeta”, evento que contou com a participação do seu homólogo do Quénia, Uhuru Kenyatta, como convidado de honra.

Para o Presidente da República, o objectivo da conferência só poderá ser alcançado se forem resolvidas as preocupações globais decorrentes da utilização indevida dos recursos, que origina a destruição dos habitats, quais sejam os actos de poluição, perda de biodiversidade, pesca excessiva, alterações climáticas e pressão sobre mares, decorrentes do crescimento da população nas zonas costeiras.

O Estadista moçambicano destacou igualmente que os oceanos, como reguladores do clima e da temperatura, devem ser entendidos como património comum da humanidade, um elemento crítico da continuidade da vida humana, paralelamente ao seu papel de fornecedores de alimentos e de sustento para milhões de pessoas.

No entender do Presidente da República, o lema da conferência de Vilankulo, “Investir na saúde dos oceanos é investir no futuro do planeta”, significa que, a partir deste distrito, se devem orientar abordagens para que a valorização da importância estratégica do mar seja concretizada, através de uma gestão sustentada das zonas marítimas.