Presidente da República recebe Príncipe Haakon da Noruega

Data: 13/02/2020
 
PR e Príncipe Haakon testemunham assinatura de acordos

Maputo, 13 de Fevereiro de 2020 – O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, recebeu ontem, no seu Gabinete de Trabalho, o Príncipe Herdeiro da Noruega, Haakon Magno, que se encontra de visita ao país a convite do Chefe do Estado moçambicano.

A visita do Príncipe norueguês tem como objectivo o estreitamento das relações de cooperação entre os dois países, assim como assinar vários instrumentos de cooperação em diversas áreas de interesse comum, com destaque para o sector de hidrocarbonetos, área em que foi assinado um acordo.

No encontro mantido com o Príncipe, o Chefe do Estado informou que o acordo assinado é na realidade para uma melhor governança, porque os recursos por si só não trarão nenhum desenvolvimento imediato para Moçambique.

Nesta área a Noruega vai contribuir com cerca de 144 milhões de coroas (perto de 15.5 milhões de dólares norte-americanos) para reforçar a assistência à governação do sector de petróleo e gás em Moçambique, no quadro de um programa denominado Oil for Development (OFD).

Na área da cooperação em geral, o Presidente Nyusi sublinhou que avalia de forma positiva a cooperação entre os dois países. Na ocasião, o estadista moçambicano descreveu a situação do país como “estável”, não obstante os desafios que se vive em Cabo Delgado.

Tais desafios, segundo o Chefe de Estado, estão relacionados com a onda de ataques protagonizados por insurgentes e também a situação das chuvas que criam problemas na transitabilidade das pessoas e bens.

Ainda ontem durante um jantar em honra à visita oficial do Príncipe Herdeiro, o Presidente Nyusi agradeceu o apoio prestado pela Noruega nos diversos domínios, desde a reconstrução pós-ciclones Idai e Kenneth, expansão da rede de energia, saúde bem como para a pacificação do país.

Para o Chefe do Estado, sem a pacificação não pode haver desenvolvimento, daí ser importante que a Noruega continue a apoiar esta componente.

Já o Príncipe Haakon Magno manifestou a abertura da Noruega em continuar a apoiar o desenvolvimento de Moçambique, fazendo saber que para além do sector público, os empresários noruegueses também estão interessados nas oportunidades que o país possui, daí a expectativa que depositam no fórum de negócios entre as duas partes.