Presidente Nyusi inaugura Monumento dedicado às vítimas do massacre de Inhaminga

Data: 26/09/2019

 

O Presidente moçambicano, Filipe Jacinto Nyusi, inaugurou no dia 23 de Setembro de 2019, o monumento erguido em memória às vítimas do massacre de Inhaminga ocorrido, há cerca de 45 anos, no distrito de Cheringoma, na província de Sofala.

O acto, segundo Nyusi, representa o cumprimento do compromisso assumido aquando da sua investidura em 2015, como Chefe de Estado moçambicano, de exaltar a obra “dos mártires que deram o seu sangue em prol da libertação de Moçambique e seu povo”.

No seu discurso, que proferiu momentos após a inauguração do monumento, erguido no local onde perto de três mil pessoas foram enterradas, algumas delas vivas, entre Agosto de 1973 e Março de 1974, Nyusi destacou a heroicidade dos compatriotas que tombaram em prol da liberdade dos moçambicanos.

Durante o massacre, algumas foram submetidas a actos de tortura e encarceradas numa cadeia subterrânea antes de serem enterradas.