PR endereça mensagem pelo Dia Internacional para Redução de Desastres

Data: 13/10/2021
 
Posse CNDH

Maputo, 13 de Outubro de 2021 – O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, endereçou hoje uma mensagem pela passagem do dia 13 de Outubro, Dia Internacional para a Redução de Desastres, data que se assinala anualmente, desde a sua instituição, pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 1989, e que este ano se celebra sob o lema “Fortalecer a cooperação internacional para países em desenvolvimento por forma a reduzir o risco de desastres e as perdas por desastres”.

Na sua mensagem, o Chefe do Estado reconhece que Moçambique é um dos países mais propensos aos desastres naturais por causa da sua localização geográfica, acrescentando que as mudanças climáticas propiciam a susceptibilidade aos ventos fortes, temporais, ciclones, cheias, inundações, secas entre outros eventos extremos.

“Esta data pretende alertar aos povos sobre a necessidade de adoptar políticas e prácticas de prevenção e mitigação dos riscos de desastres naturais, aumentando assim a resiliência das comunidades. Anualmente, perdemos vidas humanas, diversas culturas e inúmeras infra-estruturas públicas e privadas”, dis ainda a mensagem do Presidente Nyusi.

De acordo com a mensagem do estadista moçambicano, no mundo, o impacto dos desastres é ainda grave nos países mais pobres, pois enquanto por um lado são reconhecidas as dificuldades para evitar os desastres, por outro lado, existe a consciência de que os danos que eles causam podem ser reduzidos com a tomada de medidas certas.

“Uma destas medidas é de todos evitarmos práticas que prejudicam o meio ambiente, com enfoque para o solo, pois a má gestão do solo, por desmatamento ou outras prácticas, causa a sua degradação resultando na erosão, salinização e outros problemas ambientais, reduzindo a sua capacidade de mitigação das alterações climáticas e da protecção da biodiversidade”, diz a mensagem do Presidente da República.

Para o Presidente da República, o 13 de Outubro serve também para render homenagem às mulheres e aos homens que, dia e noite, trabalham para salvar vidas e reduzir o sofrimento dos afectados por desastres anturais.

“Para estes heróis vão palavras de apreço e encorajamento, com particular destaque para a equipa do Instituto Nacional de Gestão e Redução do Risco de Desastres (INGD) e a todos intervenientes no processo de redução do risco de desastres pela sua entrega e trabalho abnegado”, diz a mensagem.

Ainda na sua mensagem o Chefe do Estado apela às comunidades para respeitar as mensagens e os avisos prévios sobre a ocorrência dos eventos extremos, emitidos pelas autoridades de gestão de desastres, de modo a evitar danos humanos e infra-estruturais, que só retardam o progresso colectivo.