PR anuncia novas medidas de prevenção da Covid-19

Data: 14/01/2021
 
Foto PR - Estado de calamidade publica

Maputo, 14 de Janeiro de 2021 – O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, anunciou, ontem, numa comunicação à Nação, novas medidas de prevenção e contenção da Covid-19, no âmbito do Estado de emergência decretado no ano passado.

Entre as medidas anunciadas pelo estadista, reforça-se a exigência do teste à Covid-19 para quem quer entrar no país, agora sem excepções, e a medida se aplica a todos os viajantes, apelando a que cada um se mantenha actualizado sobre as normas em vigor em todos os países por onde vai circular.

Na sua comunicação, o Chefe do Estado acrescentou que toda a actividade comercial passa a ter o seu encerramento às 18h00, sendo que restaurantes podem fechar mais tarde, até às 20h00 de segunda à sexta, e às 15h00, aos fins de semana.

Segundo o Presidente Nyusi, bares, discotecas, salas de jogo, casinos e bancas de venda de bebidas voltam a fechar na nova fase de restrições, assim como ginásios e piscinas públicas, mantendo-se abertos espaços públicos como calçadões para caminhadas, sem aglomerações.

As praias estarão também interditas a quem as procura para recreação e lazer, numa altura em que a afluência crescia, dado ser esta a época mais quente e de férias no país.

O número máximo de participantes em eventos privados é reduzido para 30, podendo chegar aos 50 desde que ao ar livre, devendo os mesmos decorrer até às 20h00. O número de participantes em cerimónias de cultos religiosos está limitado a 50 e os funerais e velórios não podem juntar mais que 20 pessoas, 10 caso a morte tenha sido provocada por covid-19.

O Governo moçambicano recomenda ainda o recurso ao teletrabalho e uso de novas tecnologias, sempre que possível.

Após 21 dias em vigor, a partir das 00h00 de sexta-feira, será feita nova avaliação das medidas, ou seja, depois de 04 de Fevereiro, com base na evolução dos casos de Covid-19, concluiu.

Leia na ìntegra a Comunicação do PR