PR anuncia continuação das medidas do Estado de Emergência

Data: 16/07/2020
 
PR na Comunicacão à Nacão 16.07.2020 1

Maputo, 16 de Julho de 2020 – O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, anunciou hoje, em Maputo, a continuação das medidas tomadas no âmbito do Estado de Emergência, até que se criem condições objectivas para uma retoma segura da nova normalidade.

“Manteremos em vigor todas as medidas anunciadas anteriormente, o que significa que as escolas e os locais de culto continuarão fechados”, disse Nyusi.

Segundo o Chefe do Estado, novas evidências científicas mostram a prevalência do vírus em espaços fechados tais como salas de aulas, locais de trabalho, ginásios, locais de culto, entre outros, para além de que Moçambique está cercado por países com altos índices de contaminação pela doença.

A par disso, a Comissão Técnica Científica e o Conselho de Ministros verifcaram o agravamento do impacto do cornavirus, como o aumento de internamento de doentes, continuação da interacção entre crianças e idosos que é uma mistura desancoselhada, mau uso das máscaras, deficientes condições de higiene, desinformação que cria pânico, dificuldade da fiscalização das medidas de prevenção nos transporte públicos, entre outros, que agravam a percepção do impacto do cornavirus nas comunidades.

O Chefe do Estado afirmou que a sociedade deve envolver-se e contribuir para a retoma da nova normalidade de forma segura e consciente, explicando que por exemplo, na educação, existem condições para essa retoma em muitos estabelecimentos de ensino, no entanto há outros que ainda não apresentam condições para a retoma das aulas presenciais, e sendo assim a decisão é de que os estabelecimentos de ensino e os locais de culto irão continuar encerradas até que sejam criadas todas as condições de segurança para o efeito.

“Notamos uma evolução positiva em algumas áreas que consideramos críticas, e há avanços que o país deve celebrar, como a reorganização dos mercados, os avanços nas medidas de educação cívica com o envolvimento das estruturas locais, o lançamento da estratégia nacional de resposta ao covid, que são resultados das medidas tomadas com o objectivo de atrasar o pico da pandemia”, esclareceu.

O Presidente Nyusi enalteceu o trabalho dos profissionais de saúde e pediu para que os moçambicanos transformem este período de pandemia num momento de aprendizagem, chamando atenção para uma prevenção redobrada num contexto em que os níveis de infecção nos países vizinhos são altos.

Leia na Íntegra o Discurso do PR