Moçambique representado ao mais alto nível na despedida ao Antigo Presidente do Zimbabwe

Data: 16/09/2019
 

O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, chefiou hoje dia 14 de Setembro de 2019, em Harare, capital do Zimbabwe, a delegação moçambicana que participou nas exéquias de Robert Gabriel Mugabe, antigo Presidente da República do Zimbabwe, que perdeu a vida no passado dia 6 do mês corrente, em Singapura, vítima de doença.

A sua chegada à Harare, o Chefe do Estado moçambicano, assinou no Aeroporto Internacional Robert Mugabe, o livro de condolências, em homenagem a Robert Gabriel Mugabe, antigo Presidente do Zimbabwe.

As exéquias de Roberto Mugabe, tiveram lugar no Estádio Nacional do Zimbabwe e iniciaram pelas 10:00 horas, com a chegada de Emmerson Dambudzo Mnangagwa, Presidente do Zimbabwe, que obedecendo a ordem de entrada no Estádio, ia recebendo os Chefes de Estado e de Governo da União Africana e outros dignitários.

Para além do Presidente de Moçambique, estiveram presentes dirigentes da Tanzânia, Ruanda, República da África do Sul, Namíbia, Botswana, Nigéria, Zâmbia, Argélia, Gana, Congo, Quénia, Guiné Equatorial, Angola, Malawi, República Árabe Saaraui, Cuba, China e Rússia.

Em declaração à imprensa moçambicana junto ao Estádio Nacional, o Presidente Nyusi afirmou que nós estamos nesta cerimónia em representação do povo moçambicano para dizer o último a deus a Roberto Mugabe.

Na ocasião disse que nós somos padrinhos naturais da independência deste povo e não justificaria a nossa ausência neste momento de dor e de adeus ao antigo Presidente zimbabweano, que trabalhou para a libertação do Zimbabwe e do seu povo e muito fazia para o crescimento de África.

Vimos aqui dar ombro a família de Robert Mugabe e dar sinal de reforço das relações de cooperação existentes entre Moçambique e Zimbabwe, onde  a diplomacia económica deve ser cada vez mais reforçada, afirmou o Presidente Nyusi.