“Construção e reabilitação de estradas rurais é prioridade do Governo” - PR

Data: 06/09/2021
 
PR Lança Programa ProMove Transporte em Angoche - Nampula-8

Maputo, 06 de Setembro de 2021- O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, disse que o projecto e construção e reabilitação de estradas rurais constitui uma das prioridades do Governo no quinquénio 2020-2024.

O Chefe do Estado falava em Angoche, província de Nampula, durante a cerimónia de lançamento do programa “Promove Transporte”, onde destacou que a iniciativa visa melhorar a circulação de pessoas e bens das zonas de produção aos locais de comercialização.

Para o Chefe do Estado, o Agro-negócio ou cadeia de valor na agricultura depende muito dos diferentes meios de transporte. Por isso, segundo disse, a construção e manutenção de estradas ocupam lugar de destaque na lista de prioridades de desenvolvimento do país e a promoção de uma melhor qualidade de vida dos moçambicanos.

“Encorajamos ao sector de Obras Públicas para trabalhar no sentido de consolidar a iniciativa escolhida de uso de materiais locais na implementação deste projecto” sustentou.

Outros aspectos inovadores do projecto incluem a previsão de inclusão de serviços sociais como é o caso de construção de salas de aulas e respectivo apetrechamento, fontenários públicos, sanitários melhorados e outras infraestruturas sociais para o benefício das populações vulneráveis ao longo dos seus corredores por onde o projecto ocorre, o que o torna uma experiência distinta.

“Queremos chamar atenção aos implementadores do projecto, fiscais e as instituições do Estado encarregues pela monitoria deste projecto para trabalharem no sentido de evitarem que este projecto ao invés de ser uma salvação, se torne um pesadelo para as comunidades ou se resuma em simples desejo do nosso Governo. Este projecto é uma oportunidade para os jovens adquirirem experiência e aplicarem os seus conhecimentos sobre a construção e manutenção de estradas rurais nas próximas ocasiões que certamente irão surgir. Haverá aqueles que quererão dele se aproveitar de forma negativa, agitando as populações para se insurgirem contra este projecto para o seu benefício. Deixem-nos construir estradas nos traços existentes para servirem as comunidades”, rematou.

De referir que o programa “Promove Transporte”, com financiamento da União Europeia, está a ser implementado em 12 distritos das províncias de Nampula e Zambézia, num custo global de 124 milhões de euros e vai empregar mais de 1.500 pessoas.