“As dificuldades para apurar os vencedores mostram qualidade” - PR

Data: 11/12/2020
 
_DSC5448

Maputo, 11 de Dezembro de 2020 – O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, afirmou que as dificuldades que o júri teve para apurar os vencedores significa que os jovens moçambicanos estão a criar cada vez mais, e que isso mostra a qualidade dessa criação, razão pela qual não foi fácil apurar-se os vencedores.

O Chefe do Estado falava na vila de Dondo, província de Sofala, na cerimónia de entrega de Prémios a jovens criativos, nas áreas de empreendedorismo, inovação artística e inovação tecnológica. A iniciativa é da Secretaria da Juventude e Emprego (SEJE).

O estadista ainda instou a juventude moçambicana a ser protagonista na procura de soluções e respostas aos desafios do quotidiano abraçando iniciativas de desenvolvimento do país.

O Presidente Nyusi mostrou a sua aposta na juventude e aludiu os encontros que teve com jovens nas visitas que efectuou nas cidades de Maputo e Cuamba, onde interagiu com jovens que empreendem sem esperar por apoios do Governo ou quaisquer outras instituições, procurando soluções criativas para resolver os seus problemas e alimentar as suas famílias.

Por outro lado, o estadista chamou atenção para que os fundos destinados ao apoio das iniciativas dos jovens sejam alocados de forma antecipada, para que não cheguem, por exemplo, após o fim da época da sementeira.

Ao SEJE, o Presidente desafiou para a continuidade da iniciativa “Emprega”, com vista a gerar mais empregos e autoemprego e aos jovens, o apelo foi para o não desperdício de programas como o “Sustenta”, que visam dinamizar a agricultura no país.

O Chefe de Estado aproveitou a ocasião para saudar o escritor Mia Couto por ter recentemente vencido um prémio internacional, o que segundo Nyusi mostra que a literatura moçambicana tem destaque internacional e Moçambique tem capacidade para gerar conhecimento apreciado ao nível do mundo.