PR relança transporte marítimo de mercadorias

Data: 10/06/2020
 
PR no relancamento da Cabotagem

Maputo, 10 de Junho de 2020 – O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, procedeu hoje ao relançamento do transporte marítimo interno de mercadorias, evento que foi marcado pela apresentação pública dos primeiros dois navios fretados para o efeito.

Trata-se do “GRETA”, com capacidade para o transporte de 270 contentores, cerca de 4 mil toneladas, posicionado no Porto de Maputo que vai operar em toda a extensão da costa moçambicana, escalando os Portos de Maputo, Beira, Quelimane, Nacala e Pemba; e o navio “YLANG” com capacidade para transportar 450 toneladas, e que está posicionado no Porto de Pemba, para complementar as operações, no trajecto Pemba – Mocímboa da Praia – Palma – Pemba.

Segundo o Chefe do Estado, o relançamento do transporte marítimo de mercadorias, é a forma concreta de combater as assimetrias e fazer ligação efectivas do país, pois a ligação marítima evita as interrupção do transporte de mercadorias provocado por problemas climatéricas, interrupção de vias terrestres, para além de reduzir os custo operacionais.

“O Governo procedeu a reformas legais para a sustentabilidade do negócio de cabotagem, aproveitando-se do potencial que o país tem para explorar as vantagens comparativas de cada um dos meios de transporte, o que concorre para a redução dos preços dos produtos ao consumidor”, disse o estadista.

O projecto da revitalização da cabotagem marítima é uma iniciativa do Governo moçambicano, inscrita no Programa Quinquenal do Governo (2020 -2024), com o objectivo de reduzir os custos de transporte de mercadorias no país e a consequente redução dos preços ao consumidor final, dinamização da comercialização agrícola, particularmente o escoamento dos cereais produzidos entre as regiões do país.