PR recebe cartas credenciais dos embaixadores da África do Sul e da Índia

Data: 24/02/2021
 
PR recebe Cartas Credenciais - Índia

Maputo, 24 de Fevereiro de 2021 - O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, recebeu hoje, dia 24 de Fevereiro de 2021, as Cartas Credenciais dos Altos Comissários da República da África do Sul, Siphiwe Nyanda e da Índia Ankan Banerjee.

Na ocasião, o Chefe do Estado moçambicano exprimiu calorosas boas vindas ao novo diplomata sul-africano que durante a luta contra o Apartheid esteve em Moçambique. Falou igualmente da ligação existente entre Moçambique e África do Sul, na sequência dos apoios concedidos pelo nosso país na luta contra o regime do Apartheid.

O Chefe do Estado destacou a relevância da contribuição da África do Sul na vida de Moçambique, particularmente no relacionamento conchegado entre os dois povos e países, bem assim da forma como os dois Chefes de Estado encaram a importância do incremento das relações de amizade entre as duas Nações.

O Presidente Nyusi enalteceu igualmente a robustez dos laços de cooperação que actualmente abrangem amplo leque de actividades em número de 18 áreas, dentre as quais se destacam os hidrocarbonetos, energia, agricultura, defesa e segurança, comércio, indústria, transportes e comunicações.

O Chefe do estado saudou o empenho dos governos dos dois países de consolidar cada vez mais os níveis de cooperação multiforme, tendo reiterado a necessidade de realização da terceira comissão mista, um mecanismo de avaliação e programação regular de acções seguintes nas relações entre os dois países e povos.

Segundo disse a jornalistas a Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Verónica Macamo,  o Presidente da República manifestou o seu apreço e gratidão ao Governo sul-africano pelo inestimável apoio humanitário às vítimas da Covid-19, aquando dos ciclones Idai e Kenneth e aos deslocados pelo terrorismo na província de Cabo Delgado.

No que tange à Índia, o Presidente Nyusi exprimiu calorosas boas vindas a Moçambique ao Alto Comissário, tendo sublinhado que a génese histórica dos laços de amizade e cooperação entre os dois países data dos primórdios do estabelecimento de laços de solidariedade no seio do movimento de libertação da África e Ásia, ancoradas no amplo e dinâmico movimento dos não-Alinhados, na libertação dos povos da África Austral.

Destacou a solidez da parceria existente entre Moçambique e a Índia, consubstanciada na forte relação de amizade e cooperação, tendo igualmente enaltecido o papel das lideranças dos dois países no fortalecimento da parceria de ambos países, tendo feito referencia as trocas de visitas dos Chefes de Governos de Moçambique e da Índia.

De referir que desde o estabelecimento das relações diplomáticas que datam de 1975, as relações entre os dois países evoluíram de forma auspiciosa de forma que Moçambique é hoje o segundo maior sector de ajuda em África, ilustrado pelo amplo quadro de cooperação bilateral que compreende mais de uma dezena de áreas no qual pontificam a assistência ao desenvolvimento, recursos minerais e energia, transportes e comunicações, educação e desenvolvimento humano, agricultura e segurança alimentar, saúde entre outros.

O Presidente Nyusi expressou o seu agradecimento pelo importante apoio humanitário concedido pelo Governo indiano no âmbito da Covid-19, no alívio ao impacto devastador provocado pelos desastres naturais e pelo turismo.

O Embaixador indiano reiterou a disponibilização pelo seu país de cem mil vacinas para Moçambique de modo a fazer face ao controle do índice de propagação da pandemia da Covid-19.

O Estadista moçambicano louvou a concertação política e diplomática prevalecente entre Moçambique e Índia no domínio multilateral que ocorre em fóruns internacionais, tais como nas Nações Unidas, Associação da Orla do Oceano Índico, Cimeira Índia África, entre outros.