PR inaugura novo edifício da TVM em Inhambane

Data: 11/06/2021
 
PR INAUGURACAO INHAMBANE (7)

Inhambane, 11 de Junho de 2021 – O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, procedeu, hoje à inauguração do novo edifício dos Estúdios da Televisão de Moçambique na Cidade de Inhambane, no âmbito da migração da televisão analógica para digital.

Intervindo na ocasião, o estadista as novas infra-estruturas e equipamento digital são uma oportunidade para a TVM pensar grande, produzindo conteúdos atractivos e ser mais proactiva na difusão dos conteúdos para promover o país além fronteiras.
“Por isso, procurem ser mais ambiciosos no mercado. Sabemos que, numa televisão pública, os critérios de eficiência e eficácia do funcionamento são medidos não apenas em termos económicos, mas também e, sobretudo, ao nível de inovação, gestão racional e o acréscimo do valor no âmbito social e cultural”, defendeu.
Neste contexto, defendeu que o retorno do investimento não é apenas financeiro, mas também a capacidade de responder as necessidades dos moçambicanos.
Para o efeito, orientou no sentido de os gestores da TVM pensarem em novas abordagens e introduzirem novos programas que viabilizem o projecto de migração digital, sempre apostando na inovação.
“No nosso continente e no país, os conteúdos locais são os programas mais concorridos pela população de cada zona”, afirmou o Presidente Nyusi, anotando, porém, que isto não deve ser um factor que limite a difusão de programas de outras partes do mundo.
Por outro lado, instou aos profissionais da televisão e de outros meios de comunicação social a exercerem a sua profissão sempre guiados por princípios deontológicos, contribuindo para o combate aos comportamentos desviantes.
O Presidente Nyusi sublinhou que este é um dever de todos os profissionais da comunicação social.
“Como é do vosso conhecimento, os conteúdos de televisão influenciam a opinião pública. A televisão é um dos meios para combater a delinquência e outros comportamentos anti-sociais. A televisão promove a educação cívica”, sustentou o Chefe de Estado.