“A nação moçambicana perdeu uma das suas referências” – PR

Data: 22/06/2020
 
PR nas exéquias do Major-Gen. Pedro Juma 2

Maputo, 22 de Junho de 2020 – O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, afirmou nesta sexta –feira que a nação moçambicana perdeu uma das suas célebres referências pela conquista da independência total e completa de Moçambique, da edificação do Estado moçambicano e da promoção do bem-estar social de todos moçambicano.

O estadista falava durante as exéquias do Major-General na reserva Pedro Juma, falecido no no dia 14 de Junho, no Hospital Central de Maputo, vítima de doença. Nascido a 1 de Agosto de 1942 na Província de Niassa no Distrito de Lago, Pedro Juma foi combatente e político, para além de ter sido professor na Província de Niassa.

O Presidente Nyusi destacou as qualidades humanas e combativas do Major-General Pedro Juma, afirmando ainda que ele deixa como legado a libertação de Moçambique, rendendo, assim, uma justa homenagem ao homem que descreveu como sendo de poucas palavras e com acções intensas.

 “Despedimo-nos de um homem de poucas palavras e de acções intensas, que respeitava seus companheiros e seus colaboradores; corajoso e educador, sempre prontos para assumir a responsabilidade de continuar a sua obra. Despedirmo-nos de Pedro Juma, um homem com trajetória de vida que se torna modelo para as novas gerações, um homem coerente e assumir a sua vida como fonte de inspiração para os seus compatriotas. O povo moçambicano e o governo de Moçambique inclinam-se diante da família do major General pedro Juma, os nossos sentimentos a nossa solidariedade”, afirmou o estadista.

Major-Genaral Pedro Juma foi o primeiro governador da Província e Cidade de Maputo conquistada a independência.