“Queremos que o povo trabalhe à vontade” – Presidente da República

Data: 13/04/2018
 
Lançamanto Muidumbe

Maputo, 13 de Abril de 2018 - O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, disse hoje, em Miudumbe, que ao se promover a paz, é para que o povo possa trabalhar à vontade, e que os investimentos possam ocorrer. “Havendo investimento, significa que há mais dinheiro. É um processo paralelo ao nosso projecto de paz”, acrescentou o Chefe do Estado.

O Presidente Nyusi falava durante a cerimónia do lançamento da primeira pedra para a construção de uma agência do BCI (Banco Comercial e de Investimento) no distrito de Muidumbe, no quadro da visita que efectua a província setentrional de Cabo Delegado.

Procederam ao lançamento da primeira pedra o Governador de Cabo Delgado, Júlio Parruque, e o Presidente do Conselho de Administração (PCA) do BCI, Paulo Sousa, numa cerimónia popular em Muidumbe.
“Isto é muito pouco para o nosso projecto de bancarização rural. No nosso processo de desenvolvimento do país, o campo é que produz e é o campo que precisa de guardar as suas poupanças”, disse o estadista moçambicano.
O Chefe do Estado, considerou que o surgimento de mais projectos de mineração vai contribuir significativamente para o fluxo de mais capitais, o que vai tornar realidade o projecto de bancarização dos distritos, na província e no país em geral. 
‘Há também uma grande aderência popular à iniciativa, pois o poder de compra na zona rural está cada vez mais a consolidar-se. A meta do Governo, é que até 2019 todos os distritos tenham pelo menos uma instituição bancária e, neste caso, aproximar o nosso sonho de pelo menos 4 milhões de moçambicanos terem a possibilidade de aceder a um banco num raio de distância pequena”, informou o Presidente Nyusi.

“Isto significa que o nosso sonho vai-se concretizando”, afirmou.