PR dirige-se à Nação sobre impacto do Ciclone “Idai”

Data: 18/03/2019
 
DSC_0467

Maputo, 18 de Março de 2019 – O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, dirigiu-se esta tarde à Nação, para fazer o balanço preliminar dos danos causados pelo ciclone “Idai”, que afectou as províncias da zona centro do país.

Durante a sua intervenção, o Chefe do Estado que até ao momento foram registados 84 óbitos anunciados oficialmente, mas que o número de afectados ascende a 100.000 pessoas, e que nesta perspectiva, os óbitos podem ascender a 1.000, se o auxílio não for eficaz.

"Até ao momento, formalmente, há registo de acima de 84 óbitos, mas tudo indica que poderemos registar mais de mil óbitos, mas mais de 100 mil pessoas da região afectada pelo ciclone “Idai” têm as vidas em perigo”, disse o estadista.

O Presidente Nyusi anotou que o desastre natural deixou grande parte da zona centro sem energia eléctrica, e sem abastecimento de água potável e comunicações, além ter afectado o funcionamento normal dos hospitais, escolas e demais instituições públicas e privadas, o que dificulta as acções de resgate.

"As águas dos rios Púngoè e Búzi transbordaram fazendo desaparecer aldeias inteiras e isolando comunidades, vêem-se corpos a flutuar, e estradas totalmente cercadas pelas águas, portanto um verdadeiro desastre humanitário de grandes proporções", acrescentou o Chefe do Estado.