Sáb.23092017

Última actualização:08:43:11 AM

  • Galeria de Fotos

  • Palácio da Ponta Vermelha

  • Portal do Governo

 
Tomada de posse do Presidente do INE Foto de família dos Chefes de Estado e de Governos na 35a Cimeira da SADC PR na 35a Cimeira da SADC tomada de posse do Vice Comandante Geral da PRM e do Chefe do Estado Maior da Casa Militar PR PR PR PR
Palácio da Ponta Vermelha
Back Está em... Home Actualidades “O apelo para nos envolvermos no trabalho está a gerar os resultados” – Presidente Nyusi

“O apelo para nos envolvermos no trabalho está a gerar os resultados” – Presidente Nyusi

Chongoene - Gaza, 13 de Julho de 2017 – O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, saúda os esforços empreendidos pela população da província de Gaza na produção agrícola, que vai garantir a segurança alimentar, após cerca de dois anos de seca na província.

“O apelo para nos envolvermos no trabalho está a gerar os resultados que desejamos e estamos muito satisfeitos com o que vimos, pois nos permite afirmar que a província de Gaza não vai ter fome”, disse o Presidente Nyusi na sua primeira escala da visita de trabalho de três dias a Gaza.

Segundo o Chefe do Estado, a província de Gaza passou dois anos sucessivos de seca, mas quando veio a chuva foi numa proporção que quase devastava a produção que tinha sido conseguida. Porém, o pior não aconteceu e o aproveitamento feito das águas das chuvas deu aos produtores a possibilidade de garantir a sua segurança alimentar.

“Tivemos seca aqui em Gaza, mas também registamos cheias na zona Norte e ciclone Dineo em Inhambane. A questão financeira não é igual à do período anterior. Esta toda conjuntura compromete sobremaneira a realização das nossas actividades rumo ao desenvolvimento do nosso país. A produção por si só é menor que aquela que estava prevista. Por isso, temos que aumentar a produção para melhorarmos a qualidade de vida”, defendeu Nyusi.

Para garantir a segurança alimentar, Gaza instalou, até ao ano transacto, 16 parques de máquinas com um total de 85 tractores, número que eleva para 441 o universo existente em toda a província, construiu um sistema com uma extensão de 1.050 hectares no Regadio do Baixo Limpopo (RBL).

A construção de duas barragens de terra (represas) com capacidade de 25 mil metros cúbicos e a aquisição de 56 unidades de irrigação com aspersão para 360 hectares figuram entre as diversas acções que, associadas a melhoria da precipitação na última época, animam as expectativas das populações da província.