Sáb.23092017

Última actualização:08:43:11 AM

  • Galeria de Fotos

  • Palácio da Ponta Vermelha

  • Portal do Governo

 
Tomada de posse do Presidente do INE Foto de família dos Chefes de Estado e de Governos na 35a Cimeira da SADC PR na 35a Cimeira da SADC tomada de posse do Vice Comandante Geral da PRM e do Chefe do Estado Maior da Casa Militar PR PR PR PR
Palácio da Ponta Vermelha
Back Está em... Home Actualidades Presidente da República inicia visita à Província de Maputo

Presidente da República inicia visita à Província de Maputo

Marracuene, 20 de Abril de 2017 - O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, iniciou, hoje, uma Visita Presidencial de três dias à Província de Maputo. A porta de entrada do Chefe do Estado foi a localidade de Macaneta, no distrito de Marracuene, um local com um potencial turístico assinalável.

Nesta localidade, para além do comício popular, o Chefe do Estado procedeu ao plantio de uma árvore e efectuou uma visita à uma feira agrária local, onde interagiu com os expositores e recebeu explicações sobre as suas actividades.

Durante o comício popular, o estadista moçambicano afirmou que a localidade de Macaneta, deveria a servir-se das potencialidades turísticas que esta região ostenta para superar a crise financeira, pois uma das principais saídas para se ultrapassar a crise financeira e seus efeitos é tirar proveito das potencialidades económicas locais.

“Queremos que Macaneta seja uma região que encontra soluções locais para a crise financeira. Fiquei satisfeito quando se enalteceu, aqui no comício, os benefícios do turismo na melhoria da vida das populações”, afirmou.

Segundo o Presidente da República, a hotelaria e o turismo são áreas que não só servem de fonte de renda para muitas famílias moçambicanas, mas também impulsiona o desenvolvimento de outras actividades como a agricultura, pesca e infra-estruturas.

“Se soubermos aproveitar o turismo para impulsionar outras actividades económicas, através do fornecimento de produtos agrários e pesqueiros, por exemplo, a crise passará para a história”, afirmou.

Por outro lado, o Chefe do Estado congratulou a província de Maputo por estar a se reerguer da seca e vendavais, que assolaram a província, traduziram-se numa redução da produção agrícola, pecuária e pesqueira, colocando mais de 123 mil pessoas em situação de escassez de alimentos.

O Chefe do Estado moçambicano falou ainda dos esforços que tem empreendido para garantir que o país viva uma paz efectiva e duradoira, explicando à população sobre o trabalho que está sendo feito quanto a descentralização e assuntos militares, envolvendo a Renamo, declarou.

“Enquanto as comissões criadas para o efeito trabalham, eu tenho estado a falar com o Presidente da Renamo (Afonso Dhlakama), e graças a esses contactos temos conseguido consensos e elevado a confiança mútua. Tudo farei para que a paz seja efectiva dentro dos parâmetros da lei”, acrescentou.